Mar, Ambiente e Geologia - Serviços

Histórico

A MAG foi fundada pelo geólogo Marcus Aguiar Gorini, experiente pesquisador que obteve o título de Ph.D. pelo Lamont-Doherty Geological Observatory da Universidade de Columbia.

No início de sua carreira, Gorini foi um dos fundadores do LAGEMAR (Laboratório de Geologia Marinha), centro pioneiro e referência em geologia e geofísica marinha no país, hoje parte integrante da UFF (Universidade Federal Fluminense) em Niterói – RJ.

Como pesquisador chefiou diversos departamentos científicos, foi membro do Comitê Assessor de Oceanografia do CNPq, Presidente da Área de Geociências da CAPES e coordenador de diversos projetos de grande importância para o país, como o CENTRATLAN. Dr. Marcus Gorini é consultor há mais de vinte anos do Governo Brasileiro no âmbito da Lei do Mar, além de ser membro do GT LEPLAC (Grupo de Trabalho para Acompanhamento da Proposta do Limite Exterior da Plataforma Continental Brasileira).

1985 Na década de 80 Dr. Marcus Gorini fundou a empresa GGG (Geologia, Geofísica e Geotectônica Consultoria Ltda.) realizando diversos trabalhos em Geologia e Geofísica Marinha e Fluvial com o objetivo de avaliar o potencial de mineração na Amazônia (depósitos de placeres) e na plataforma continental brasileira (minerais pesados, areias e algas calcáreas), além de diversos projetos de mapeamento em detalhe do fundo submarino (plataforma e talude continental) para suportar atividades de engenharia e atividades relacionadas à indústria de óleo e gás no Brasil.

No final da década de 90 a empresa foi incorporada ao grupo internacional DSND CONSUB S.A. e, posteriormente, Dr. Marcus Gorini tornou-se consultor sênior da empresa Subsea 7.

2003 Em 2003 a MAG foi fundada e tornou-se referência em serviços especializados no âmbito da Lei do Mar, realizando com sucesso projetos de pesquisa e de consultoria envolvendo a aquisição, processamento e interpretação de dados oceanográficos, geológicos e geofísicos para a extensão da Plataforma Continental Jurídica do Brasil, Angola e Namíbia.

A experiência e capacidade de inovação do corpo técnico da MAG também foram fundamentais no engajamento bem sucedido em inúmeros projetos de engenharia brasileiros, como na implantação de cabos óticos submarinos e de estruturas costeiras e oceânicas.

 

Voltar para o topo